Três filmes inspirados em clássicos para você assistir

Já fizemos um post de adaptações dos clássicos brasileiros para os cinemas. Desta vez, confira obras baseadas na literatura internacional

Por Caroline Svitras | Fotos: Reprodução

Romeu + Julieta (1996)

 

Protagonizado por Leonardo DiCaprio e Claire Danes, o longa australiano é uma adaptação moderna da obra shakesperiana. Na trama de Baz Luhrmann, os Capuletos e os Montéquios lideram grandes associações empresariais rivais. Em uma noite, Romeu Montéquio (DiCaprio) entra escondido no baile dos Capuletos. Lá, ele conhece a jovem Julieta (Danes)  e o resto você já sabe. O filme é encenado, em sua maioria, com os diálogos originais da peça de 1597. Luhrmann também tomou a frente da adaptação cinematográfica de O Grande Gatsby e do longa musical Moulin Rouge: Amor em Vermelho.

 

Beleza Americana (1999)

Apesar de não ser diretamente uma adaptação do romance Lolita, Beleza Americana traz uma série de sutis referências à obra de Vladimir Nabokov. O filme retrata a atração de Lester Burnham (Kevin Spacey), um homem de meia-idade, por Angela Hayes (Mena Suvari), uma amiga adolescente de sua filha. Além da temática, outros elementos do longa remetem à Lolita, como, por exemplo, a cena das pétalas de rosa.

 

Crime e Castigo (2002)

John Simm vive o cativante Rodion Raskólnikov neste longa independente inspirado no livro homônimo de Dostoiévski. Ex-estudante de Direito, Raskólnikov é um jovem que se vê superior às demais pessoas. Ao se deparar com o fracasso de sua vida financeira, ele comete o duplo assassinato de uma velha agiota e sua irmã. A trama acompanha o desenvolvimento psicológico do personagem que, tomado pelo arrependimento, passa a conviver com o trauma provocado em si mesmo por suas ações.